(85) 99602-6421
marketingproativajr@gmail.com
UFC - Campus do Pici, Bloco 711
Mídias Sociais:

Encantando as Pessoas Certas: Recrutamento e Seleção

Uma característica significante de empresas de excelência hoje em dia é um time de peso a seu favor. Então, como selecionar esse time? Que pontos positivos eu devo identificar em cada indivíduo? Que perfil se encaixa melhor à realidade da minha empresa? Essas são perguntas difíceis, mas que devem sempre ser respondidas antes de qualquer processo de recrutamento ou seleção na sua empresa. Assim, vamos entender melhor o que deve nortear esses processos.

Você vai ler sobre:

  • Por que avaliar bem em um recrutamento
  • Como realizar um recrutamento de qualidade
  • Quais características buscar em um candidato
  • O diferencial que um candidato de peso traz à sua empresa

Tempo de leitura: 4 minutos

Por que avaliar bem?

Pessoas são o maior ativo de qualquer organização. Nessa perspectiva, não possuir uma equipe alinhada afetará diretamente o desenvolvimento da sua empresa. Seja em curto prazo, como dificuldades na realização de projetos, baixa produtividade e ociosidade. Ou em longo prazo, como um futuro diretório pouco engajado e mal desenvolvido e consequentemente um distanciamento da proposta inicial da empresa.

Qualidade é melhor que quantidade

Muitas empresas pecam na realização do seu processo seletivo quando focam em selecionar os candidatos no menor intervalo de tempo possível. Isso, porque acabam desprezando, em alguns casos, a qualidade desse concorrente. Um dos principais indicadores de um processo seletivo mal realizado é a taxa de turn over. Ou seja, a taxa de desistência do profissional relacionada à quantidade de tempo dedicado à empresa. É necessário frisar, que quanto os melhor profissionais são selecionados, automaticamente uma grande economia de tempo e recursos já está acontecendo no ambiente organizacional.

Desse modo, é importante utilizar o tempo como um recurso importante, tendo as atividades de avaliação realizadas de forma eficientes. Para isso, é interessante dar prioridade à atividades que captem o máximo de informações sobre os candidatos, e que exijam uma menor demanda de tempo. Finalmente, fazer uma análise de qualidade, proporciona a captação de pessoas que possuem o perfil mais próximo possível ao da organização.

Tenha em mente as competências que a sua empresa exije

Antes de qualquer processo seletivo, interno ou externo, é preciso estudar a própria empresa. Assim, é preciso determinar o que é mais importante dentro da cultura da organização. Um exemplo, seriam quais valores causam mais impacto nos resultados da empresa. A partir desse ponto, fica bem mais fácil identificar quais são os candidatos que mais se adequam a esses valores e podem agregar a ela. Portanto, é necessário inicialmente definir o padrão que o participante ideal deverá ter. Esse parâmetro deverá ser alinhado com a filosofia praticada pela a empresa contratante. Em síntese, essa filosofia é resumida na cultura organizacional, valores, missão e visão.

Recrutamento quantitativo…

No Brasil, a má qualificação de mão-de-obra é problema recorrente nas mais diferentes áreas de atuação no mercado. Assim, para tentar ao máximo contornar essa situação é preciso realizar um recrutamento bem mais abrangente. Isso, porque um grupo maior tem bem mais chances de contar com membros qualificados. Portanto, procure identificar qual o seu público-alvo para a divulgação de seu recrutamento, ainda tentando manter um grupo abrangente. Para isso, trabalhe em cima dos meios de comunicação que mais atinjam esse nicho, um que costuma trazer bom resultado são as mídias sociais. Nessa fase de recrutamento, fornecer o máximo de informações possíveis sobre o cargo o torna ainda mais atrativo para os candidatos.

… E seleção qualitativa!

Para uma seleção que consiga extrair bem as informações dos candidatos, é importante colocá-los em situações em que a reação conforme os valores da empresa seja fomentada. Como por exemplo: Se sua empresa preza por atitudes de liderança, você pode trabalhar com equipes durante o processo seletivo. Ou, se preza pela desenvoltura sob pressão, criar sempre que possível uma situação que exija calma e confiança do candidato. Além disso, é importante salientar que seleções de candidatos como essas devem estar presentes em processos seletivos de qualquer cargo da empresa.

Como os valores dos funcionários afetam o desenvolvimento:

Quando você pensa em realizar uma tarefa cotidiana, seu empenho e sua disposição para tal estão sempre relacionados com o quanto aquela atividade te motiva. Isso, seja pelo prazer que lhe proporciona ou por outros benefícios que você enxerga naquilo. Da mesma forma, no ambiente de trabalho, um funcionário que enxergue os benefícios de seu ofício na empresa e que se identifique com seus valores seu resultado naturalmente se sobressai dos demais.

Em 2001, James Collins lançou um livro denominado “Empresas feitas para vencer”. Nesse livro, Collins elabora um estudo para entender o diferencial de empresas boas e empresas excelentes, então denominadas feitas para vencer. Assim, uma das características que diferenciavam as empresas era o alto nível de capacitação e a vontade dos funcionários de realizarem a diferença naquele serviço. Portanto, quando essas organizações contam com um grupo de profissionais que se identificam com os valores da empresa, tendem a obter resultados excepcionais. Isso, sem a necessidade de motivar rotineiramente esses profissionais.

Tal importância relacionada à adaptação do planejamento da empresa ao perfil do candidato foi abordada por Sandro Bassili, responsável pela área de “ Gente egestão” na Ambev, durante o ano de 2014, onde citou: “Tão importante quanto fechar a vaga no tempo correto é fechar a vaga com o perfil correto”, tema esse que foi abordado em um vídeo publicado em uma plataforma online.

Tenha um modelo de perguntas, mas seja flexível:

Se você procura um perfil que se adequa a empresa, é coerente possuir um modelo de perguntas direcionadas a esse perfil com respostas previamente estruturadas. Entretanto, para conhecer ao máximo o candidato é necessário permitir também que novos assuntos sejam abordados durante o processo. Assim, o entrevistador pode extrair mais informações sobre o entrevistado e isso vai auxiliar na diferenciação dele em relação aos outros. Nesse caso, é possível identificar candidatos que apesar de responderem conforme o esperado às perguntas não estão plenamente qualificados. De forma semelhante, outros podem não corresponder do mesmo modo às perguntas, mas que demonstraram pontos positivos igualmente ou até mais relevantes.

Quais características meu candidato ideal deve ter?

Boa comunicação: A boa comunicação é essencial para a manutenção de um bom ambiente de trabalho. Ademais, atrelada a essa característica é necessário que o candidato tenha facilidade em receber críticas construtivas. Desse modo, quando for preciso realizar um debate sobre alguma atividade da empresa, esse candidato será capaz de expressar sua opinião e também respeitar a opinião dos outros membros da organização.

Capacidade de resolver problemas: Qualquer empresa possui seus desafios e seus pontos de melhoria. Portanto, é primordial que o candidato não se oculte em buscar amenizar essas adversidades da instituição e consequentemente se esforce em atenuar essa dificuldade.

Trabalho em equipe: Como já foi dito anteriormente, é de extrema importância o relacionamento profissional dos membros. Exemplo disso, é que uma equipe bem preparada tende a render mais em determinadas atividades, quando comparadas à execução dessas atividades realizadas por um só profissional. Além disso, a repartição de tarefas visa amenizar a responsabilidade em um único membro e ,consequentemente, a sobrecarga desse funcionário.

Conclusão

Busque sempre recrutar o máximo de pessoas dentro do perfil básico que procura. Porém, realize uma seleção mais rigorosa e não se coloque com prioridade realiza ressa atividade em pouco tempo, tendo como fito final do processo selecionar profissionais com qualidades. É importante lembrar que, os valores e o perfil pessoal do candidato, usualmente pesam mais no desempenho futuro do que apenas as habilidades. Tempo investido na seleção é recuperado em processos futuros. Você tem funcionários desmotivados? Ou, sua equipe não alcança mais os mesmos resultados de antes? Saiba que a falta de uma cultura organizacional, e de um planejamento estratégico podem afetar até mesmo as melhores equipes. Assim, a Proativa jr oferece soluções no mercado, em Engenharia de produção, e um Planejamento estratégico pode ser o que você precisa. E então, quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Faça já um diagnóstico gratuito.

Deixe um comentário

Review

*

Estamos online