(85) 99917-7000
marketingproativajr@gmail.com
UFC - Campus do Pici, Bloco 711
Mídias Sociais:

Indicadores na empresa: porque adotar?

Você costuma ter dificuldades de medir o quão bem seus funcionários estão desempenhando suas atividades? Ou ter dificuldade de cobrar um resultado específico por não ter uma base numérica para isso? Entenda o que são indicadores de desempenho e a importância deles para alavancar os resultados da sua empresa. Sem dúvida: Eles são a base de qualquer empresa de sucesso.

Tempo de leitura: 5 min

Você vai ler sobre:

  • Por que adotar indicadores na empresa
  • O que são indicadores
  • Quais tipos de indicadores existem

Antes de tudo, por que indicadores são tão importantes?

Para mostrar a importância, por que não citar um exemplo:

  • Em uma indústria: a quantidade de produtos produzidos por hora
  • Em uma empresa que trabalha com vendas: as taxas de conversão de cada etapa do processo de vendas

Esses números servem como base para criação de metas e objetivos, que por sua vez serão trabalhados pelo Planejamento Estratégico da empresa. Dessa forma, é possível dizer não só em média, quantos clientes devo contatar para conseguir uma venda no caso da empresa de vendas, como também, quanto devo trabalhar para produzir X peças na minha indústria. Assim, dados como estes são a base ideal para uma tomada de decisão assertiva.

Mas afinal, o que são indicadores?

Os indicadores de desempenho, também conhecidos como KPI’s (Key Performance Indicators) são métricas utilizadas para avaliação de performance, a fim de ajudar o gestor a ter um panorama mais assertivo da eficácia e eficiência dos seus processos. Ou seja, são responsáveis por analisar a capacidade de executar os processos corretamente, garantindo o resultado necessário com da menor quantidade de recursos possível.

Então quais tipos de indicadores existem?

Existem incontáveis formas de medir o desempenho de um processo ou atividade, mas podemos citar alguns indicadores-base para se utilizar na sua empresa.

1) Indicadores de capacidade: esses indicadores são importantíssimos, pois conseguem medir as possibilidades de crescimento da empresa. Isso, porque eles medem o quanto a empresa é capaz de produzir em relação a algum parâmetro estabelecido previamente, podemos citar como exemplo, a quantidade de clientes atendidos por hora em um delivery.

2) Indicadores de produtividade: são responsáveis por medir o uso de recursos da empresa em relação às entregas finais (eficiência) por exemplo, produtividade hora/máquina. Nesse sentido, é possível analisar e criar planos de ação sobre como melhorar essa produtividade.

3) Indicadores de qualidade: andando junto aos indicadores de produtividade, eles permitem o gestor identificar os desvios e avarias no processo, como exemplo podemos citar, quantidade de peças com defeito por quantidade produzida, permitindo assim verificar se há ou não um problema na produção destas.

Ok, entendi tudo! Mas por onde devo começar?

Bom, existem indicadores de todos os tipos, mas alguns são base para toda empresa de sucesso. Citaremos então, três indicadores abaixo que todo negócio deve ter desde o seu início.

1. Lucratividade (Lucro líquido / Faturamento x 100)

Sabe quando você vê o faturamento entrando ou mesmo aumentando, mas no final das contas nunca há dinheiro em caixa? Isso é sinal de que o lucro está baixo!

O indicador de lucratividade permite o proprietário analisar o resultado real da empresa durante o período definido, afinal o que define se uma empresa é ou não sustentável é sua capacidade de gerar lucro. Assim, é possível definir ações que devem ser tomadas para melhorar o resultado. Por fim, o problema pode estar relacionado aos altos custos que envolvem o negócio. Dessa forma, buscar diminui-los é a melhor opção para melhorar a lucratividade.

2. Taxa de sucesso em vendas (Quantidade de vendas realizadas / Quantidade de tentativas de venda)

Já se deparou em uma situação onde não sabe quantos clientes deve contatar, em média, para conseguir uma venda?

Esse indicador permite que o empreendedor veja o índice de sucesso das negociações feitas pela empresa, mas para analisar essa taxa é necessário que a empresa tenha seu funil de vendas bem estruturado. Assim, seria necessário conter todo o processo que o cliente passa até o fechamento da venda. Assim, é possível não apenas analisar o índice de sucesso nas negociações, como também verificar em quais etapas são necessárias ações para melhorar o número de vendas final.

3. Nível de serviço de entregas (Quantidade de atrasos / quantidade de entregas)

Atrasos ou produtos não enviados? Nunca mais!

Isso, porque esse indicador funciona na área logística das empresas e é responsável por avaliar a entrega dos produtos, sendo essa uma das características mais observadas pelos clientes em um negócio. Assim, ele é capaz de indicar também um problema na cadeia de suprimentos e/ou no PCP (Planejamento e Controle da Produção) da empresa.

Em resumo: indicadores são geradores de resultado

Então, ficou curioso para saber os resultados que sua empresa pode atingir caso estes indicadores sejam implantados de forma estratégica para alavancar sua empresa? A Proativa oferece serviços na área de estratégia, auxiliando assim, no desenvolvimento no direcionamento do crescimento da empresa e analisando as melhores formas de fazê-lo. Afinal cada projeto para nós é uma chance de mudarmos a realidade de um empreendedor. Faça agora um diagnóstico gratuito!

Deixe uma resposta

Review

*